Exposição “montanhas de amor” de Milita Doré

 

Artistas convidados: Ana André, Bertílio Martins, Catarina Correia,

Christine Henry, Francisco Valente, Gustavo Jesus, Jorge Graça,

Manuel Rodrigues, Miguel Cheta, Susana de Medeiros, Tiago Batista,

Vasco Célio

 

 

A Inauguração teve lugar no dia 10 de Outubro entre as 17:00 e as 20:00.

 

A exposição estará patente ao público até 13 de Dezembro,

de sexta-feira a domingo, das 15:00 às 19:00.

 

Associação 289, Sítio Pontes de Marchil, IC4, 8005-518 Faro

 

“montanhas de amor é uma exposição que expande a ideia de paisagem da artista que adentra, pela primeira vez, na paisagem inusitada do próprio corpo, região até então inexplorada. A tomada de decisão de autorretratar-se, e de se deixar retratar, surge num momento de extrema sensibilidade – a descoberta de um cancro da mama. A artista decide convidar amigos e amigas artistas para retratá-la antes de sofrer o tratamento que iria deixar cicatrizes, reais e metafóricas, no seu corpo.

Entre vídeos, esculturas, instalações, fotografias e desenhos, Milita Doré reafirma a sua condição – mulher e artista. Criadora de paisagens, condutora do seu próprio destino, a artista transformou as obras dos outros em suas, fundiu as representações com a presença do próprio corpo que se deixou retratar, que não resistiu, que se deu de forma generosa e que foi acolhido por mãos e olhos afetuosos.”

Mirian Tavares

 

Milita Doré é natural de Albufeira. Licenciada em Artes Visuais pela Universidade do Algarve, o seu trabalho incide em torno da presença do corpo. Observadora silenciosa dos seres humanos e dos seus interesses trabalha de forma emotiva mas também realista. As suas obras já estiveram patentes em exposições tais como a EVO Frauen in den Weltreligionen, no Frauenmuseum  (Bonn,2013),na Galeria Trem com Arte: um assunto de mulheres (Faro,2015)  e em  289 – Um Projecto de Pedro Cabrita Reis na Associação 289 (Faro,2018) entre outras.

 

A artista Milita Doré poderá apresentar a sua exposição através de visitas guiadas para grupos até 10 elementos, por marcação através do telefone 934 242 717.

 

Como é do conhecimento público, o Concelho de Faro está classificado como sendo de Risco elevado (entre 240 e 480 casos por 100 mil habitantes para a covid-19). De acordo com as normas do quinto Estado de Emergência decretado pelo governo, em Faro não será possível circular na via pública entre as 23:00 e as 5:00 da manhã, durante toda a semana. Da mesma forma, os restaurantes continuaram a ter de fechar às 22:00, os espectáculos às 23:00. Por essa razão, o horário de abertura ao público das exposições patentes até ao dia 13 de Dezembro volta ao normal, isto é, de sexta a domingo, entre as 15:00 e as 19:00, no estrito cumprimento das actuais Medidas do Novo Estado de Emergência, assegurando que as normas de segurança em vigor serão cumpridas.

 

Assim, a entrada e permanência no espaço expositivo da Associação 289 serão asseguradas pelo controlo do número limite de visitantes no interior e exterior das instalações, o distanciamento entre pessoas (distância de pelo menos 2 metros), a utilização de máscaras e a higienização das mãos, para que o público possa usufruir do espaço e das exposições em segurança.

 

Associação 289, Sítio Pontes de Marchil, IC4, 8005-518 Faro

 

associacao289@gmail.com

 

www.289.pt